PARCEIROS

Você está aqui: HomeA RedeHistórico

Histórico

 

2006

Criada durante a I Oficina de Cooperação Sul-Sul sobre EJA, em Brasília, Brasil, a Rede de Cooperação Sul-Sul, naquele primeiro momento, identificou problemas, hierarquizou prioridades e definiu propostas de ação, tendo Brasil e Cabo Verde assumido a liderança.

2008

Reuniu-se novamente na II Oficina em Salvador, Brasil, para avaliar plano estratégico elaborado na I Oficina e definir agenda da Confintea VI. Nesse encontro, Moçambique assumiu a liderança da Rede.

2009

Em novembro foi realizada a III Oficina, em Praia, Cabo Verde. Além dos países da Rede, o encontro teve a participação da Radio ECCA, das Ilhas Canárias, Espanha. Quatro pontos foram aprofundados nessa Oficina: coleta de estatísticas e informações educacionais; avaliação de aprendizagem e impacto; formação de formadores; acesso e utilização de tecnologias de informação e comunicação. Foi estabelecido um novo Plano para o período entre 2009 e 2011. Moçambique e Cabo Verde assumiram a coordenação da Rede.

2010

A Rede realizou sua IV Oficina, dessa vez em Maputo, Moçambique. Foi avaliado o Plano 2009-2010 e debatido o Plano 2010-2011. Entre as propostas surgidas nesse encontro, estão: criação de espaço para fórum de discussão virtual; criação de rede de cooperação em documentos de políticas e programas de Alfabetização e Educação de Jovens e Adultos; produção e disseminação de material didático e literário; realização de estudos e debates sobre a certificação de aprendizagem e formação profissional; formação de profissionais da Educação de Jovens e Adultos no uso das TIC’s (tecnologias da Informação e Comunicação); análise do Marco de Ação de Belém 2010 (CONFINTEA VI, 2009) do ponto de vista da Rede de Cooperação Sul-Sul.

2012

Em julho, Angola recebeu a V Oficina da Rede focou no Marco de Ação de Belém que reconhece que o exercício do direito à educação de jovens e adultos é condicionado por aspectos políticos, governança, financiamento, participação, inclusão, equidade e qualidade. Neste sentido, o Encontro propõe analisar e debater questões relacionadas com os temas que buscam aprofundar os compromissos e responsabilidades estabelecidos no Marco de Ação de Belém.

 

Sobre Rede SulSul

     A Rede de Cooperação Sul-Sul entre Países de Língua Portuguesa sobre Educação de Jovens e Adultos (EJA) é um espaço de articulação internacional governamental, criada em 2006, entre países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).  Com laços fortalecidos pelo idioma, cruzamentos históricos e culturas, a Rede Sul-Sul  acredita na troca de experiências , ideias e práticas inovadoras para o enfrentamento aos desafios da Educação de Jovens e Adultos.
     A Rede de Cooperação Sul-Sul atua respeitando compromissos internacionais consubstanciados nas Metas do Milênio, nos objetivos da iniciativa de Educação para Todos, na Declaração de Hamburgo da V Confintea e na Década das Nações Unidas para a Alfabetização.