PARCEIROS

Você está aqui: HomeUsing Joomla!Using ExtensionsComponentsContent ComponentArticle CategoriesDemoSlidesUFPB oferta pós-graduação em EJA para africanos e brasileiros

UFPB oferta pós-graduação em EJA para africanos e brasileiros

Profissionais africanos e brasileiros que atuam na educação de jovens e adultos (EJA) ganharam a oportunidade de cursar uma pós-graduação específica. Demanda da Rede de Cooperação Sul-Sul no campo da EJA, o cursos de extensão e especialização começaram em março, em Guiné-Bissau, Cabo Verde e Brasil. O Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e a Cátedra da UNESCO são responsáveis pelo curso, que utiliza tecnologia de educação à distância com atividades presenciais.

A primeira turma tem 209 apredentes nos três países, vindos de diversas àreas do conhecimento,como sociologia, economia e psicologia social. Segundo o coordenador da Cátedra, Timmothy Ireland, a maioria dos apredentes tem muito anos de experiência no campo da educação. Ireland, que esteve no mês de julho em Cabo Verde para a parte presencial do curso, afima que a avaliação é positiva entre apredentes e moderadores. “Todos consideram que o formato e o material do curso são de excelente nível”, diz.

O material didático inclui livro com textos acadêmicos, cadernos com componetes curriculares, DVD com vídeoaulas e CD com gravações para rádio, chamados painéis radiofônicos. Além da UFPB, o projeto também conta com o apoio Unilab, das embaixadas brasileiras em Cabo Verde e Guiné-Bissau e dos ministérios da Educação dos dois países.

Importante contribuição para a profissionalização no campo da EJA, o curso despertou interesse em outros dois países da Rede, Moçambique e São Tomé e Príncipe. Segundo Thimothy Ireland, Cabo Verde já apresenta demanda para uma segunda turma do curso.

 

 

 

Sobre Rede SulSul

     A Rede de Cooperação Sul-Sul entre Países de Língua Portuguesa sobre Educação de Jovens e Adultos (EJA) é um espaço de articulação internacional governamental, criada em 2006, entre países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).  Com laços fortalecidos pelo idioma, cruzamentos históricos e culturas, a Rede Sul-Sul  acredita na troca de experiências , ideias e práticas inovadoras para o enfrentamento aos desafios da Educação de Jovens e Adultos.
     A Rede de Cooperação Sul-Sul atua respeitando compromissos internacionais consubstanciados nas Metas do Milênio, nos objetivos da iniciativa de Educação para Todos, na Declaração de Hamburgo da V Confintea e na Década das Nações Unidas para a Alfabetização.